O delicioso café!

Claro que o cheirinho a torradas de manhã é delicioso, mas nada bate aquele cheiro divinal do café acabadinho de fazer!

Sabia que o café pode muito bem ser bom para si?

Mas será que tomar café não é mais um vício? Será que podemos ficar viciados em café?

Não!

Mas que não lhe reste a menor dúvida de que se andou anos a consumir cafeína e, de repente, mudar para descafeinado, vai sentir dores de cabeça... mas será uma condição temporária.

E a propósito de descafeinado, sabia que este café não totalmente isento de cafeína? De facto, o descafeinado tem cerca de 10% da cafeína de um cafe normal - mas não é isento de cafeína!

Ou seja, um descafeinado tem aproximadamente tanta cafeína como uma chávena de chocolate quente ou meia barra de chocolate.

Ao longo dos anos foram feitos cerca de 19.000 estudos que analisaram o impacto do café na saúde!

E se é um amante do café, do galão ou da meia de leite, vai ficar feliz ao saber que os resultados têm demonstrado, de forma consistente, que consumir café tem benefícios consideráveis, a saber:

1) A Trigonelina é o composto presente no café que faz com que tenha aquele cheirinho tão bom - os estudos demonstram que este composto reduz as cáries dentárias;

2) O café é muito rico em compostos antioxidantes auxiliares no combate a diversas doenças - de facto, o café contém mais antioxidantes do que os mirtilos ou os brócolos;

3) A cafeína contida em cerca de 0,5 litro de  café de saco aumenta a velocidade e a resistência atlética, ao mesmo tempo que reduz a fadiga muscular - é preciso consumir cerca de 2 litros de uma bebida de cola para obter os mesmos resultados;

4) Os estudos mostram que o consumo de duas chávenas de café abatanado por dia pode reduzir o risco de cancro do cólon em 25%, os cálculos biliares em cerca de 50%, e a cirrose do fígado e a Parkinson nuns gritantes 80%;

5) Também ficou demonstrado que esse mesmo consumo melhora o estado de humor e pode ajudar nas cefaleias (ainda que quem bebe muito café possa ter mais possibilidade de sofrer de enxaquecas);

6) Por fim, a análise efectuada a cerca de 90.000 grandes consumidores de café (6 ou mais cafés por dia), reduziu o risco de desenvolvimento de Diabetes do Tipo 2 em 54% nos homens e 30% nas mulheres;

7) Os bebedores de café parecem estar mais protegidos contra outras doenças como a de Alzheimer, hepáticas e a gota.

Mas atenção!

Não vá já a correr para a sua cafeteira ou máquina expresso para começar a beber cafés!...

Ainda não foi descoberto qual o componente (ou componentes) do café que reduz o risco de doenças...

E há certas formas de preparar o café que fazem mais mal, do que bem - por exemplo, a preparação do café por "prensa francesa" ou à moda escandinava, porque colocam o grão em contacto com água em ebulição, têm como resultado o aumento do LDL, o famoso "colesterol mau".

Ou então, se abusar do café Irlandês ou outras variedades que se encontram nas casas de café e que envolvem natas batidas, leite condensado ou outros produtos similares, pode estar a ingerir, num só café, mais de 1.500 calorias!

Também as grávidas devem limitar o consumo deste produto para prevenir que sofram um aborto.

Os pacientes cardíacos ou hipertensos, bem como que sofre de osteoporose, devem ter muita atenção ao consumo de café, ou evitá-lo de todo.

E se anda com dificuldade em dormir, ou com a pulsação acelerada, provavelmente anda a abusar dos cafés que bebe...

Por isso, se gosta de café, e se não tem nenhuma das patologias atrás descritas, não se sinta culpado por beber mais uma chávena...

Pode estar a contribuir para a sua Saúde!